Topo

O que é um DJ?

O que é um DJ?

Pensei sobre este artigo porque gostaria que as pessoas aqui em São Paulo e no Brasil despertem e percebam que um bom DJ não é formado por apenas boa técnica. Técnica, alias, é uma das qualidades menos importantes para um grande DJ. Assim, quem estiver interessado, prossiga.

O que exatamente um DJ faz? Ele destila ou purifica qualidade musical. Ele seleciona músicas ou gravações e através delas cria uma performance improvisada de acordo com o tempo, o lugar e as pessoas. Numa festa ou clube, o DJ não está apenas tocando uns discos, ele está criando uma atmosfera, gerando sentimentos e respondendo à reação das pessoas. Um DJ médio tem a capacidade de mexer no humor das pessoas dançando, um DJ excepcional é capaz de fazer uma pista inteira se apaixonar.

Mas como o DJ consegue fazer isso? Fácil: Ele conhece música mais do que qualquer um na pista de dança. Alguns DJs chegam a conhecer mais sobre um determinado estilo do que qualquer outra pessoa no mundo. Ou seja, em primeiro lugar um bom DJ é um colecionador de música, um colecionador totalmente viciado em discos. Alguns diriam que um DJ não passa de um bibliotecário, talvez com mais glamour.
O bom DJ também consegue atingir a pista com música nova e desconhecida (que não precisa ter sido produzida na semana passada, mas pode ser um disco obscuro, perdido durante os últimos 20 anos). Pois, qualquer um conseguiria fazer a pista dançar, tocando um hit ou uma música bastante conhecida, mas será que consegue fazer o mesmo tocando uma música que ninguém na pista tenha ouvido antes?
Os ótimos DJs se interessam em mostrar, ou melhor, em compartilhar música com as pessoas. Eles chegam a tornar-se pregadores, espalhando a palavra do que consideram boa música.

O pessoal tupiniquim costuma confundir a arte do DJ com qualidades técnicas como mixagens suaves e imperceptíveis, mudanças rápidas, mixar com 3 toca-discos… Acham que quanto mais o DJ parecer ocupado, trabalhando com as mãos, mais criativo ele é. Muitos DJs ganham fama fazendo isso. Uma espécie de show ou demonstração de qualidades técnicas. Entretanto, um ótimo DJ é capaz de balançar uma pista no mais primitivo dos equipamentos, apenas escolhendo uma seleção de faixas adequada, e com algum conhecimento do sistema de som e sua equalização. Na verdade, alguns dos maiores DJs que já existiram eram apenas razoáveis em suas mixagens, como as gravações de Ron Hardy, Larry Levan e tantos outros mostram. Um ótimo exemplo é David Mancuso, que com suas festas privadas em lofts de Nova York basicamente fundou a Disco (que por sua vez daria vida ao hip-hop, house, e praticamente todas vertentes dançantes de hoje em dia. Ele será assunto de artigos futuros neste blog). Mancuso simplesmente não mixa as faixas, ele deixa cada uma tocar do começo ao fim.

Ou seja, a arte do DJ não está apenas em mixagens precisas, está muito mais em encontrar músicas interessantes, fantásticas, e toca-las no momento certo. Ter sensibilidade e comunicação com seu público. Assim, um DJ nunca é melhor ou maior do que seus próprios ouvintes. Então, um DJ é um colecionador, um pregador musical, um técnico de som e alguém que tenta transmitir emoções através de uma seleção de discos.

A visão descrita acima não é apenas minha, mas é compartilhada por milhares de pessoas pelo mundo. Este texto foi inspirado na recente leitura do livro Last Night a DJ Saved My Life, da onde algumas partes acima foram retiradas.

56 Comentários
  • Fernanda

    Guiro,

    O Texto está muito bom.
    Está claro e muito bem escrito. Parabéns.
    Talvez a unica parte que em atrapalhei ao ler foi essa “Pois, qualquer um conseguiria fazer a pista dançar, tocando um hit ou uma música bastante conhecida, mas será que qualquer um consegue fazer o mesmo tocando uma música que a pista nunca tenha ouvido antes?” Mas após ler novamente, entendi e agora acho que foi um problema de leitura meu.
    Parabéns mesmo, gostei muito do texto…
    Podia publicar em outros lugares, hein?
    Beijos

    14/12/2006 em 11:53
  • Orn

    Fala, Gui.
    Concordo quando vc diz q o mais importante é a pesquisa e seleção musical, mas, penso, q muitas vezes a mixagem faz a diferença na hora de chamar a atenção da pista para determinada musica.
    Muitas musicas são um saco quando escutadas soltas ou fora de hora, porem com a mixagem certa e na sequencia certa ela ganha uma magia fenomenal.

    Um grande abraço, meu amigo.
    Chiquinho.

    14/12/2006 em 19:10
  • Jack

    Muito bom o texto, Guilherme!

    14/12/2006 em 20:07
  • Bruno Belluomini

    Legal! Gostei bastante da metáfora “DJ bibliotecário”!

    15/12/2006 em 08:40
  • Superti

    Excelente!!

    Acho importante esse consciência sobre os verdadeiros valores sobre a arte de colocar as pessoas pra dançar!
    Abraços

    15/12/2006 em 08:58
  • Mara

    Muuuito bom!!!E esse livro…”Last night a DJ saved my life” foi o melhor livro que já li!!Apaixonante!!!!!
    Beijokas
    xxxxx

    15/12/2006 em 10:07
  • Saturos

    Muito bom o artigo!
    Mesmo se expressando através de ondas sonoras, para muitos a imagem continua em primeiro plano.

    15/12/2006 em 14:39
  • Alain Patrick

    Também acho que a pesquisa musical seja um grande diferencial. Há uma citação bem legal que eu sempre gosto de usar quando procuro definir o que é um bom DJ:

    “O DJ de verdade ‘dá as cartas’, e não o contrário. Para isso, é necessário ter cultura musical.”

    Lembra um pouco a máxima: NON DVCOR, DVCO.

    A.E.S.T.

    15/12/2006 em 17:41
  • Sr.Freud

    É isso aí meu chapa!!

    03/01/2007 em 12:13
  • Doppelzwei

    muito bom! feliz em descobrir seu blog..

    outro exemplo de dj que representa bem seu texto seria o Harvey acho, que vejo hoje em dia como sinonimo de qualidade musical, seleçao, e tambem mixagem 😉

    03/01/2007 em 12:51
  • Rodrigo

    Oi, sou leitor do forum do RRAURL e ja tinha lido o seu texto a um tempo atras, agora estou montando um blog e gostaria muito de iniciar com o seu texto, vc autoriza?!E claro que vou colocar os devidos creditos.

    Excelente texto!Acho que todo mundo que esta comecando ou que ja toca deve ler este texto.

    Grande Abraco!!

    Rodrigo

    02/04/2007 em 08:45
  • Rodrigo

    Valeu Guilherme!! Este e o meu primeiro blog, nao tenho muita nocao dos recursos e tal, postei o texto com o link pro seu blog e com o seu nome.Da uma olhada e ve se ta legal!!

    Brigadao por autorizar brother!! Depois coloco um link pro teu site ali no Blogroll.

    Abracos!!

    http://rodrigomiranda.wordpress.com/

    02/04/2007 em 12:20
  • DJ_Fruchi

    Olá Guilherme.
    Parabens pelo, texto ele demonstra o seu ponto de vista sobre o assunto, mas infelizmente tenho q discordar com relação a parte da tecnica…
    A tecnica é sim tão importante quanto a musica, de que adianta o DJ tocar boas musicas mas não entender nada de compassos, batidas e etc, e, alem disso, fazer mixagens horriveis, que acabam com o “andamento” da pista…
    Dj bom tem MUITA TECNICA sim e tem que buscar se aprimorar cada vez mais, adquirindo novas tecnicas.
    Ou voce pensa que a unica coisa que um DJ tem q fazer é comprar discos?
    Se fosse assim qualquer mané que tenha meia duzia de boas musicas e um pc com o Virtual DJ poderia ser chamado de Dj, apesar de que, é o que esta acontecendo;
    Pessoas que se auto-intitulam DJ’s, tocando em festas por R$50,00 e acabando com a profissão dos verdadeiros Dj’s, que na maioria dos casos vivem da música.
    Não importa se o DJ toca com pc, pickup ou cdj, o importante é o sentimento que ele consegue transmitir ao publico, mas DJ que é Dj se valoriza e sabe quanto custa pra adquirir novas tecnicas, musicas e equipamentos e por isso não se apresenta a preço de banana.
    Fica aqui o meu ponto de vista.
    Abraço

    23/09/2007 em 13:24
  • dj elcimar-Mirador-Ma

    eu gostei muito dessa parada,sta bem clara para quem que ser ym DJ PRofissa

    Abraços para Todos

    02/01/2008 em 12:21
  • Frank Honma

    Guilherme.

    Em tempos de mp3, internet, downloads, softwares de mixagem, a multiplicação de festas, clubs, festivais, pvts e etc. De repente todos querem ser DJs e produtores, mas a essência da coisa vai se perdendo pelo caminho.

    Acho que você já deve ter ouvido falar do documentário britânico “Pump Up The Volume”, onde Paul Oakenfold diz “Não se trata apenas de tocar um monte de músicas novas… Nunca foi assim”. A série conseguiu retratar como nunca o nascimento da música eletrônica a partir dos restos mortais da disco no final dos 70 e todo seu desenvolvimento nos 80 e 90, até chegar aos dias de hoje.

    Bem, nerd que sou, traduzi, legendei e disponibilizei no youtube em 20 partes, que dão ao todo 150 minutos de material.

    Peço licença para postar aqui o link.

    http://uk.youtube.com/watch?v=tTHbchszdNE

    Parabéns pelo texto.

    abraços

    06/05/2008 em 19:13
  • Débora Rodrigues

    OI.
    não sou nenhuma conhecida, nem amiga, sou apenas uma leitora curiosa,
    estava eu pesquisando sobre djs, porque o meu namorado esta enteressado na profissão e me pediu p/ procurar cursos tecnicos. confeço que não tenho muita noção sobre o tema e decidir pesquisar primeiro o que é um dj, bem, tirar minhas curiosidades.
    quando derepente me deparo com o seu site, e fiquei apaixonada pela sua declação.
    parabens vc não sabe a ajuda que me deste.
    que deus te abençoe.
    beijos debora

    20/05/2008 em 13:35
  • paula

    gosti muito serviu para minha pesquisa

    bjao gui!

    24/06/2008 em 20:47
  • wagner

    ~vlww ajudo muito na minha pesk=quisaa! ;D

    29/08/2008 em 11:48
  • Douglas

    Gostei muito do texto e concordo com as diversas afirmações. Acredito que um Dj de verdade consiga senti a pista e vibrar com os ouvintes. Em algumas das boates e raves que fui, alguns dj parecem cansar em determinado momento, como se “perdessem o fôlego”, isso então é refletido na pista onde as pessoas começam a se cansar. Acho que um bom Dj precisa ter um bom condicionamento, tanto físico quanto psicológico para que assim consiga “manipular” os sentimentos dos outros.

    09/10/2008 em 09:42
  • Samu

    concordo tbm com as suas afirmções, certu eim dizer q o DJ naum eah apenas 1 bibliotecario de musicas, mais sim com os instrumentos mais primitivos ele consegue fazer umapista inteira se apixonar, mto fodah

    12/10/2008 em 12:44
  • laiane

    Eu adorei muito espero que eu seja profissionalmente uma dj tambem vai ser muito bom eu tirando umas ideias dai pois e um trabalho muito legal

    bjs lah que vcs cigam a carreira de dj tambem turma

    17/11/2008 em 14:49
  • nayara

    bom,
    Eu concordo plenamene com oque o texto fala,
    prinipalmente quando fala que um Dj não passa de ama biblioteca,
    um Dj cosegue fazer uma pista inteira dançar com musicas que nem é conhecida, enão é preciso conhecer uma musica para agitar…

    muito bom…

    30/11/2008 em 19:35
  • Carl Cox

    I love the text, Keep it up

    09/12/2008 em 19:27
  • junior

    ola gostei muito desse texto q serve como incentivo
    para as pessoas q querem ser dj.

    06/01/2009 em 22:10
  • danilo

    sinceramente….faça o seguinte…tenha um puta repertório e sambe todas suas mixagens quebrando a viajem da musica pra quem tá curtindo…. tenho certeza q vc vai apagar esse tópico e vai mudar seu seus conceitos. pelo amor de deus. é claro… é obvio q um bom repertorio e uma boa tecnica de virada faz parte de todo um contexto…. uma coisa depende da outra. não me converceu esse texto….parece coisa de dj atomix. vc já assitiu ritmo acelerado? então, se tudo resumisse no repertório o frankie wilde tocaria surdo de qualquer forma.

    18/01/2009 em 06:11
  • gardher

    show

    12/02/2009 em 14:54
  • Ivann

    Ameii o textoo ,
    parabéns !

    13/04/2009 em 00:57
  • gbh

    Legal sa be mais sobre djs e uma coisa
    loco como para tudo louco cada um com sua mania
    ameiiiiiiiiiii

    23/06/2009 em 19:59
  • Dj Nanda

    Olhaa.. gostei muuito!!
    Inclusive estou escrevendo um livro sobre raves e falarei um pokinho sobre djs tmb..
    posso publicar?!

    E a glr ki deu opiniao aí em cima tmb.. posso coloca no livro?!
    Entrem em contato e a gnt conversa melhor..

    bjuxx

    16/07/2009 em 19:21
  • Guilherme M.

    Oi Nanda,

    Os textos neste blog são publicados sobre licensa Creative Commons, ou seja, em essência você pode utilizá-los, contanto que cite a fonte (nome do autor e enderećo na web são suficientes).

    Boa sorte com seu livro!

    G

    17/07/2009 em 09:16
  • sara

    nosssa ………………….. ameii me ajudou muito ,

    num terabalho de artes rsssss

    muito enteressante o assunto

    nao é atoa que fui a melhor da sala e cabeii levando

    NOTAH 10…

    mais o melhor foi poder conhecer essa profissao

    muito envolvente ……..

    bjuss…. para todos assinado :alguem que gostou muito ………..!!!

    31/08/2009 em 21:31
  • dj bob soares

    hum adorei o texto ta muito legal eum messmo amo essa profissao ainda estou comecando mas eu vou chegar la falou …

    24/09/2009 em 22:07
  • leo

    otimo textoachei o que precisava para mim saber realmente o que e ser um dj

    16/11/2009 em 17:04
  • dj alex oliver

    Gostei um pouco tambem dos seu text!

    Mas para mim um bom dj tem que ter sim tecnicas . porque sem ter tecnicas acaba estragando a propria musica boa . nao se toca uma musica sem conhecer o proprio equipamento que se esta tocando.

    exemplo . mesmo que seja um toca fita se vc nao conhece o que e cue,pit,play que sao os basicos de um equipamento nao se toca bem .

    grande abraço….

    14/01/2010 em 17:54
  • Diogo

    Olha concordo somente em partes o Dj e muito diferenciado sim por tecnica por qualidade de pray list acredito que seria mais facil falar que Dj ou ser Dj e saber trabalhar com um conjunto de coisas n dizer que so mente e ter umas modinhas em seu case eo resto fica facil, nada disso um
    Dj alem de investir na carreira como conprar um fone um cdj ele tambem tem que investir na sua tecnica tanto em performance como tambem em manuseio de equipamento n adianta ter um equipamento bom ou basico mas n saber usar nem um dos dois, usando qualquer equipamento
    pelo menos o Dj tem que se aprimorar estudar ter algum tipo de tecnica, e muito vago e fica vago dizer que nos somos apenas selecionadores de faixas como esta dizendo o artigo.
    Hoje nào n conheço e nem antigamente existiu alguem que se tornou algum astro ou apenas fez sucesso sem dominar em sua epoca alguma tecnica de mixagem alguma tecnica de equalização de acordo claro com a epoca e com a evolução dos equipamentos de alguma forma dominavão sempre algoe isso pode se chamar de tecnica….

    Ser Dj e ser Humano que precisa ouvir sentir e evoluir…

    09/04/2010 em 23:21
  • DJ JimmY

    Muito bom o textop, não temos dúvida, mas com certeza técnica faz diferença também, lógico, não adiata o cidadão fazer mixagens perfeitas com músicas que não tenham nada haver com a pista. ex: o cara tem uma técnica maravilhosa, sabe mixar mt bem e seu genero preferido é musica eletrônica, sai de casa co sua case de discos e chega em uma festa de casamento, 15 anos, entre outras e fica tocando SOMENTE electro, tech, psy, pode mixar até de cabeça pra baixo, mas seu sucesso na pista vai ser hiper limitado.

    Na minha opnião, DJ que é DJ tem que ter técnica e feeling andando sempre juntos.
    embora feeling seja 85% mais importante.

    Jimmy

    05/05/2010 em 13:03
  • pedu

    muitu legal >>>>isso me inspirou mais ainda a ser um dj

    15/05/2010 em 08:31
  • Dj Sena

    Muito…o texto.. vc tem toda a razão.. e eu concordo com o jimmy tbém.. jah fui com um playlist só de eletro numa festa de 15 anos…. e foi um arraso… minha sorte foi q eu tinha levado meu notbook, e tinha um cidadao lá com um dvd de outros estilos, samba, axe, pagode, internacional…e salvou minha vida.. depois disso eu preparo o playlist antes de ir pra festa…d e acordo com a festa é meu playlist!!! isso aconteceu comigo quando eu tava ingrenando na carreira…
    e concordo tbém q nós somos colecionadores de musicas… tenho um pc em kza.. com mais de 90 GB só de musicas… de todos estlos e ritimos.. e conheço quase todas só pelo toque!!!
    abraç
    t+

    23/05/2010 em 01:13
  • vane

    amei agora sei por qual caminho eu vou tenque passar

    10/09/2010 em 15:25
  • vane

    agora è so seguir em frente
    blz
    by

    10/09/2010 em 15:27
  • walef

    muito da hora o q vc falou parabens
    e boas mixagens para os dj´s presentes

    09/10/2010 em 10:43
  • Dj.Vitor'Lemos

    O Texto esta excepcional, ele tbm disse em poucas palavras u que e ser um Dj realmente conserteza todos os dj’s que leram esse texto estão de acordo com ele ….

    13/10/2010 em 22:46
  • MAYARA

    ola gostei muito do seu texto SHOW

    05/12/2010 em 20:41
  • Paulo Felipe

    Ola! gostei bastante de suas teorias sobre oque é ser um Dj,sou bartender em um casa no recife e trabalhamos com Djs e fiquei curioso pelo fato de querer ser musico ja tivi bamda de rock e hoje to com muita vontade de aprender a mixar e virar Dj!gostaria de receber imail de tecnicas e como colocar batidas nas musicas! se poderem me ajudar ficarei muito grato.

    16/01/2011 em 10:44
  • DJ Inhoo

    ‘ Muiitooo Legal, Esse Texto
    ‘ Parabéens’s Por ele, e essas fraze que vocêe colocou isso ée tudo
    verdade falando sobre dj, e muitoo bom bom
    ‘ ser dj ée uma boa especificação,
    ‘ Dj ée ser pessoas dedicas a Musicas Mixadas *-*
    ‘ e Valeu?

    23/01/2011 em 12:59
  • Giovany Xavier de Moura Junior

    Muito Obrigado Por Abri meu olhos ai isso, te pesso uma coisa se você poder responde essa pergunta urgente te agradeço muito.

    POR QUE A MAIORIA DOS DJ FAMOSOS SO COLOCAM MUSICAS ELETRÔNICA OU MUSICAS QUE NÃO TEM NADA A VER SERA QUE É POR QUE ELES ESTÃO MOSTRANDO AS SUAS QUALIDADES FAZENDO COISAS DIFERENTES?

    13/03/2011 em 22:02
  • dj noturno 3E

    mano,mandou bem na explicação! e sinceramente o bom dj esta se perdendo em meio há tantas tecnologias que estão facilitando o trabalho e o raciocínio do dj,ao ponto de não mais ter que pensar bem como trabalhar as musicas e sim apenas aperta um botão,e tem mais,muitos tocam no virtual dj e se denominam bons djs ( não que esse programa seja ruim,mas sempre digo para os meu alunos que dj é mais do que eles vêem atualmente.
    parabéns por esse trabalho!
    abraços
    Ass: jomar

    04/09/2011 em 05:50
  • DJ

    Aprovado!

    02/02/2012 em 16:09
  • DJ Flavio

    Hum gostei muito deste texto ta muito legal eu amo esta profissão ainda estou começando mais eu vou chegar la

    30/05/2012 em 19:43
  • fernanda

    me ajudou mto sua post

    31/05/2012 em 18:04
  • DJMAIA

    EFATO MUITO BOA ESSA COLOCAÇAO PARABENS

    12/10/2012 em 19:58
  • douglas

    PEnso em ser um dj…to pesquisando muito pra isso…nao quero ser um dj daqueles que soh fica tocando musica mais ao mesmo tempo nao sabe nem oque esta fazendo na realidade…!!! gostei muito do texto… valeu.

    09/01/2013 em 14:01
  • Dj jun!or Pancadão

    ?
    Pq discutir tanto…eu quero ver colocar um desses tocador de musicas pra tocar em toca discos…aí sim veremos se realmente é DJ…

    06/07/2013 em 23:27