Topo

Klaus Schulze

Klaus Schulze

Klaus Schulze é um alemão sinônimo de música eletrônica. Nos anos 70 ele foi temporariamente membro das bandas Tangerine Dream e Ash Ra Tempel (ao lado de Manuel Göttsching), e ajudou a criar o krautrock, ou o rock repolho alemão, som recheado de experimentação, sintetizadores analógicos e uma certa medida de nonsense, como você pode conferir no vídeo abaixo em uma de suas apresentações ao vivo em 1977.

Klaus assina sob vários pseudônimos, um dos mais famosos é Richard Wahnfried, cuja faixa Time Actor (do LP homônimo), eu toquei no primeiro show da Dinâmica. Alguns de seus melhores LPs foram Trancefer e Timewind, quase todos lançados pelo seu então ótimo selo Innovative Communication

O som de Klaus e o krautrock dos 70 foram uma grande influência na música ambiente criada nos anos seguintes. Tanto que nos anos 90, Klaus colaborou com Pete Namlook e Bill Laswell na série The Dark side of the Moog (com claras referências cômicas ao Pink Floyd), e chegou até a flertar com batidas, criando faixas de Techno como Voices In The Dark.

1 Comentário
  • Guilherme M.

    E por falar em Manuel Gottsching, ele apresentou seu clássico-mor E2-E4 ao vivo no clube Berghain em Berlin, no final do ano passado. Veja este e este outro video da apresentação.

    26/02/2007 em 3:15 PM Responder

Fazer um Comentário